O futuro do e-commerce em 2021

Embora o e-commerce esteja presente na vida do usuário de internet há um bom tempinho, este ano certamente ele caiu no conhecimento e no gosto popular. Aqueles que ainda não tinham acessam ou se negavam a comprar pela internet tiveram que repensar suas escolhas, afinal, lojas físicas encontraram-se fechadas por um bom período.

Pioneiras, a Amazon e a eBay iniciaram nesse seguimento nos anos de 95 e ambas permanecem ativas ainda hoje. A Amazon é um excelente exemplo de e-commerce, no começo de suas atividades o seguimento de produto ofertado eram livros, com o tempo foi expandindo o leque de produtos, hoje já é possível inclusive colocar o seu produto para venda dentro do site e mais uma inovação da gigante é uma loja física, integração pura com o online.

Mas, e aí, se 2020 houve essa quebra de paradigmas de que comprar pela internet não é um bicho de sete cabeças, essa mudança de hábitos com certeza terá um efeito em 2021.

Esse crescimento que levou diversas empresas, sejam elas micro ou grandes a terem sua presença online tem como objetivo estar presente onde o seu consumidor está e por consequência multiplicar o seu faturamento.

O futuro do e-commerce em 2021 1

Tendências para 2021

O digital está prevalecendo este ano e algumas tendências poderão se intensificar em 2021 como a personalização, integração, humanização e experiência.

É preciso lembrar que estamos lidando com seres humanos e que mesmo distantes, é necessário preservar um calor humano, interação e um relacionamento de proximidade com os consumidores online.

Personalização

Sim as pessoas querem ser tratadas como exclusivas. Uma boa ideia é oferecer produtos que estejam relacionadas com o histórico de compras delas para que seja adicionada ao seu carrinho de compras.

Integração

Talvez quem é da área de marketing ouça mais esse termo, mas com certeza você já tenha vivido. O omnichannel tem nada mais é do que a integração de canais de comunicação com o objetivo de oferecer a melhor experiência de compra.

Humanização

Como já falamos acima, o indivíduo não quer ser tratado como um número ou um cliente a mais. É preciso personalizar, entender a dor do seu cliente para ajudar a resolver. Muitas empresas utilizam de avatares para criar uma interação com o usuário. Um exemplo é a Lu, do Magalu que parece ter uma vida real como a minha e a sua e interage com os usuários personificando assim a loja.

Experiência

Mais do que vender, acredito que nunca se falou tanto em oferecer experiências. Esse cuidado tem trazido bons resultados. Coisas simples podem ser feitas para melhorar a imagem diante do consumidor. Uma embalagem diferente, um recado, um e-mail personalizado, possibilidade de testar produtos no site, enfim a experiência é um item que está muito presente em todos os outros citados acima.

Um bom exemplo é a Netflix que sugere filmes de acordo com escolhas anteriores do usuário. Envia e-mail com sugestões entre outras coisas que cativam seu público mesmo com outras opções hoje em dia.

Depois de tantos motivos, você já tem argumentos suficientes para abrir sua loja online em 2021 hen!

A RDM Digital é uma empresa especializada na criação de sites, sejam eles e-commerce, sites institucionais ou blogs.

Esteja onde o seu público está, tenha presença online.

Scroll Up